Pages

domingo, 11 de junho de 2017

Tema de Redação

Ciência e Fé: um diálogo necessário

Ciência e Fé: um diálogo necessário
BIOLOGIA
Por muito tempo, as ciências e as religiões se confrontam em ideias numa disputa sem razão alguma. Se pensarmos nos campos em que cada uma atua, veremos que ambas podem coexistir e discursar a respeito de um mesmo assunto. A religião tem por finalidade "ligar" o ser humano a Deus, divulgando a vontade divina através da Palavra de Deus e levando aos céus as preces da comunidade. "E no meu nome serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados de todas as nações" (Lc 24,47), "Todos eles tinham os mesmos sentimentos e eram assíduos na oração" (Atos 1,14). 

Em razão disto, a Igreja deve sempre interagir sobre os mais diversos campos da sociedade para garantir que a vontade de Deus esta sendo atendida pela humanidade. A religião vem também explicar o "porquê" das coisas, dos acontecimentos e de tudo que nos cerca. Através dela, sabemos que tudo que existe na natureza procedeu de Deus, foi uma vontade divina que deu origem ao nosso planeta, aos mares, as plantas, os animais e os seres humanos. 

"A Palavra estava no mundo, o mundo foi feito por meio dela, mas o mundo não a conheceu" (Jo 1,10). A religião não tem por função explicar "como" as coisas acontecem, pois isto não a interessa, o que interessa para a religião é fortalecer a fé e manter os seus seguidores fieis ao Deus vivo e libertador. A ciência por sua vez, não consegue explicar o "porquê" das coisas, mas ela tenta explicar como as coisas ocorrem. 

Para se fazer ciência é necessário testar várias vezes a mesma hipótese até que se possa dizer se ela é verdadeira ou não. É verdade que os cientistas são ateus? Não. Existem muitos cientistas que são cristãos fervorosos e possuem fé maior do que muitos "frequentadores de igreja". O que ocorre com os cientistas é que em suas pesquisas eles simplesmente ignoram a existência de Deus, mas isso não significa que eles neguem a sua existência. Os cientistas que creem em Deus sabem que os fatos se deram pela vontade de Deus, mas eles querem saber como foi aquilo aconteceu. 

Para entendermos melhor esta situação vamos pensar no relato dos primeiros capítulos do Gênese (Gen. 1, 1 - 2, 25). Nestes relatos bíblicos não existem informações cientificas, pois eles não estão dizendo com o mundo foi feito, mas o "porque" ele foi feito. O mundo foi feito porque Deus quis compartilhar todo seu amor, por isso criou-nos para poder nos amar infinitamente. Para explicar como o mundo foi "feito" entram os cientistas (físicos, químicos, matemáticos, astrônomos, biólogos etc.) que propuseram varias teorias sobre a origem do universo e de nosso mundo. 

Dentre elas estão: Teoria do Big Bang (grande explosão), as teorias de Oparin e a teoria da evolução de Charles Darwin. As "brigas" entre ciência e religião já deveriam ter acabado há muito tempo, pois não há razões para esta disputa sem sentido. Se ambos se respeitassem e ouvissem as ideias do outro não teríamos tantas diferenças entre os próprios seres humanos. Deus criou-nos e nos deu inteligência para adorá-lo, ouvir e praticar a Sua vontade, mas também nos deu esta inteligência para criar, descobrir a cura de doenças e males e para desvendarmos os segredos da natureza. "E Deus criou o homem à sua imagem" (Gen 1,27), "Cada ser vivo levaria o nome que o homem lhe desse" (Gn 2,19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O artigo foi útil? Deixe um comentário, uma sugestão contribua. Obrigado!

Reportagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...