Pages

sábado, 19 de outubro de 2013

PM QUE IMPEDIU ROUBO DE MOTO EM SP SOFRE PUNIÇÃO. GOVERNADOR ALCKMIN É CRITICADO
Assaltante recebeu voz de prisão ainda no local do crime (Reprodução).
O deputado estadual Major Olímpio (PDT) denunciou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o comando da Polícia Militar durante discurso no plenário da Assembleia Legislativa paulista. Segundo o major, o capitão Antônio Bernardo foi punido por ter impedido o roubo de uma Honda Hornet, no último sábado (12). O capitão deve ficar afastado das ruas por, pelo menos, seis meses, conforme o parlamentar.


O capitão é comandante do 51º Batalhão da PM-SP e foi testemunha de assalto contra um vigilante que trafegava pela zona leste de São Paulo com a sua moto, avaliada em R$ 35 mil, abordado por dois assaltantes. O capitão passava pelo local e conseguiu frustrar o roubo.

O assaltante Leonardo Escarante Santos, de 18 anos, reagiu ao receber voz de prisão. Ao tentar sacar a arma, foi atingido na perna e no abdome pelo capitão. O outro bandido conseguiu escapar. Toda a ação foi filmada por uma câmera acoplada ao capacete da vítima (relembre aqui).

A postura do policial militar foi elogiada por órgãos de Direitos Humanos e pela ministra da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, mas o comando da PM e o governador Geraldo Alckmin assim não entenderam, conforme a denúncia do deputado estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O artigo foi útil? Deixe um comentário, uma sugestão contribua. Obrigado!

Reportagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...