Pages

sábado, 27 de outubro de 2012

O temor do Senhor

Não adianta possuir conhecimento se não souber respeitar a Deus. Nem todo o dinheiro e nem toda a inteligência podem salvar a alma do homem se ele não tiver no coração o temor a Deus, pois só desse modo procurará evitar tudo aquilo que desagrada ao Senhor.

▪ No Livro de Provérbios (Cap. 1.7) está escrito que o temor é o começo de uma vida plena com Deus: “O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino.” O temor descrito nesse versículo refere-se à reverência a Deus e pode ser considerado como um temor positivo.

▪ A Bíblia ensina que devemos lançar fora nossos temores, pois, quando negativos, suscitam ansiedade, medo, dúvida e trazem fraqueza à alma. Já o temor positivo é o temor ao Senhor, que não é medo, mas um profundo respeito.

▪ Por causa desse temor, evita-se toda a sorte de males. Esse princípio abre o nosso entendimento para aprendermos ainda mais da sabedoria presente na Palavra de Deus.

▪ Até os dias de hoje, Jó é um forte exemplo de homem temente a Deus. A sua fidelidade ao Senhor era tão forte que o próprio Deus o honrou na presença do diabo quando disse: “(...) Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal” (Jó 1.8).

▪ Observe que Jó era um homem de caráter. Era íntegro e reto diante dos homens. Em relação a Deus, era temente e respeitava tudo o que era sagrado, o que significa dizer que Jó, sem dúvida, era um homem de Deus. Além disso, Jó não só se guardava do mal, como também se desviava de tudo o que era mau, para não colher maldições.

» » » Isso agradava a Deus !

▪ Jó foi considerado também rico, sábio, além de muito abençoado. Apesar de todos os problemas e de ter perdido tudo o que havia conquistado, inclusive os seus filhos, Jó guardou o temor e a fidelidade a Deus. Por isso, Deus restaurou a sua sorte, devolvendo-lhe em dobro tudo o que havia perdido.

▪ Portanto, devemos vigiar todos os dias de nossas vidas e buscar continuamente a sabedoria de Deus. Sua vontade jamais nos será apresentada como uma imposição, Ele apenas deixará claro o Seu querer. Aquele, porém, que seguir os desejos da carne e que aceitar a vontade do diabo, colherá, então, as conseqüências dessa desobediência.

▪ O temor do Senhor é o verdadeiro princípio da sabedoria e esse saber jamais será alcançado nas universidades, nem nos institutos de pesquisa, pois só o conhecimento que vem do Senhor produz vida para toda a eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O artigo foi útil? Deixe um comentário, uma sugestão contribua. Obrigado!

Reportagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...